Ansiedade

Saiba se ansiedade engorda

A
ansiedade é um dos males do século me da vida moderna, por isso, muita gente tem sofrido deste mal que traz muitas consequências e sintomas. Entre os sintomas, algumas pessoas podem até mesmo engordar, devido à ansiedade a pessoa pode desenvolver manias como comer exageradamente e outras, mas isto não é uma regra. Confira a seguir se a ansiedade faz a pessoa engordar e confira algumas dicas de tratamento.

ansiedade engorda Ansiedade Engorda?

A ansiedade é caracterizada pela vaga apreensão, aflição e insegurança que é acompanhada de percepções físicas como palpitações, sudorese e outros sintomas como desconfortos abdominais. Ainda são sintomas da ansiedade sensações de medos exagerados, ou uma sensação de medo de um perigo iminente (e nem sempre real), Mas, a ansiedade pode ser em alguns momentos uma reação normal e extremamente útil em situações em que a ansiedade é uma consequência natural, como uma situação de perigo, ou uma situação que deixa a pessoa nervosa (como a véspera de uma prova, ou de um evento muito esperado, etc.).

Só que há a ansiedade normal e a ansiedade patológica, esta que traz consequências muitas vezes grave. Como medo exagerado sem uma causa aparente e sem o indivíduo saber o que o levou aquele estado. Outra consequência são os níveis de tensão desproporcional ou exagerado em relação à causa. Neste quadro, a ansiedade se caracteriza como crônica e pode levar este quadro por meses a anos e os pacientes com ansiedade crônica relatam não conseguir exercer nenhum controle.

Mas afinal, ansiedade engorda?

se a ansiedade engorda ou não é provável que ocasione um aumento de peso isto porque a ansiedade libera no organismo maiores quantidades dos hormônios adrenalina e cortisol que levam o aumento do acúmulo de gordura na barriga o que diminui a quantidade de volume dos músculos e faz com que o indivíduo pareça mais gordo e dando a sensação de um aumento de peso muito grande. Mas, o individuo pode ganhar peso porque a ansiedade faz com que haja um aumento do consumo de alimentos calóricos, ricos em açúcar e gordura. A pessoa ansiosa pode ter o apetite aumentado e ter um gosto por alimentos calóricos o que contribui para o aumento de peso. O individuo ansiosa devido o aumento de adrenalina e cortisona o cérebro aumenta seu apetite e faz com que tenha gosto por alimentos calóricos que vão lhe dar uma sensação temporária de prazer. Mas, este aumento de peso pode ser prejudicial por diversos motivos como depressão, que a pessoa pode sentir devido à mudança corporal. Por isso, se sente alguns dos sintomas descritos, procure orientação médica.

Como tratar e controlar a ansiedade generalizada

A sociedade moderna tem sofrido cada vez mais dos males da vida agitada principalmente com estresse e ansiedade. Entre os males da atualidade está a Ansiedade Generalizada também chamada de desordem de ansiedade generalizada que tem como característica um estado de ansiedade excessiva que é desproporcional aos fatos reais e que ocorrem na maior parte dos dias.

ansiedade generalizada Ansiedade Generalizada   Como Tratar

A ansiedade generalizada é ocasionada sem motivos, desproporcional e injustificável. Para fechar um diagnóstico de ansiedade generalizada seja confirmado tem que descartar a possibilidade de Pânico e fobia e que os sintomas da ansiedade se estendam por pelo menos 6 meses.

A ansiedade generalidade não é uma simples ansiedade e uma forma de diferenciar uma ansiedade simples para uma generalizada é o tempo de duração dos sintomas. A ansiedade normal é oriunda de uma determinada situação problemática e que aos poucos a pessoa que passa por uma situação problemática aos poucos vai se adaptando a situação e diminuindo o desconforto. Já na ansiedade generalizada, muitas vezes há a situação problemática outras vezes não há e a apreensão, tensão e nervosismo persiste mesmo passada a situação e muitas vezes sintoma que permanece por um longo período. Deve-se analisar se há outras possibilidades de transtorno psicológico para descartar outra possibilidade de transtorno.

Tratamento Ansiedade Generalizada

A Ansiedade Generalizada ataca no sistema nervoso da pessoa, e faz com que essa pessoa fique preocupada com alguma coisa e que fique cheia de tensões exageradas. Antecipam desastres e acabam tendo aceleração cardíaca por causa disso. As pessoas têm dificuldades para dormir, dor de cabeça, tensão muscular, tremedeira, etc.

Existe um método de controlar a ansiedade generalizada, como conversar com as pessoas a respeitos de seus problemas, desabafar com um amigo, conversar com um amigo de confiança para te dar apoio, meditações e técnicas de controle do estresse, exercícios aeróbicos, etc.

Porém nada substitui o método que o seu médico vai recomendar. Consulte um profissional da aérea se você tem a ansiedade generalizada e faça um tratamento à altura para você conseguir controlar essa doença. Lembrando que a ansiedade generalizada não tem cura, só pode ser controlada.

Remédios para Tratamento de Ansiedade

A ansiedade tem várias definições podendo ter como sinônima não técnica aflição, angústia, perturbações do espírito causado pela incerteza, perturbações por motivos sem razão, entre outras denominações. A ansiedade faz a pessoa entrar em ação, mas em excesso e de forma exagerada. As causas são relacionadas às experiências de vida do indivíduo ou não te ruma causa específica. A sensação de ansiedade é bem desconfortável e para evitar esta sensação às pessoas acometidas pela ansiedade evitam até mesmo fazer alguma coisa o que pode levar muitos à depressão. Veja a seguir os melhores remédios para ansiedade.

remedios para ansiedade Remédio para Ansiedade

A maioria dos transtornos de ansiedade pode ser feito o tratamento com remédios, porém antes de tomar qualquer calmante, tranquilizante ou antidepressivo é fundamental buscar uma orientação médica. Primeiramente deve partir da pessoa acometida pela ansiedade a procura por um tratamento que vai exigir muita paciência, pois os sintomas não somem de uma hora para outra. O tratamento consiste em medicamentos (que deve ser receitado após uma consulta com especialista, um psiquiatra), psicoterapia com psicólogos ou um psiquiatra; e também a combinação destes dois tratamentos, medicamentos e psicoterapia.

As pessoas sofrem de ansiedade muitas vezes por passarem por episódios traumáticos, que fazem com que sempre que elas se exponham a eventos de resultados incertos sintam uma súbita insegurança, o que gera ansiedade. O organismo sofre com isso através de palpitações, suor, aceleração da circulação.

Quanto aos medicamentos para ansiedade estes incluem aqueles que são indicados para alguns transtornos relacionados com a ansiedade que são: transtorno do pânico, fobia social, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) e Transtorno de ansiedade generalizada (TAG). Os medicamentos receitados para ansiedade são: antidepressivos, usados para tratar a depressão e que pode acometer a pessoa com ansiedade ou seus transtornos relacionados, exemplos de antidepressivos estão a Fluoxetina, a sertralina, paroxetina, cotalopram, entre outros medicamentos-princípios ativos. Também são usados os antidepressivos bupropina e a IRSN venlafaxina usada no Transtorno de ansiedade generalizada. Tem ainda os medicamentos anto-ansiedade receitados nos casos de ansiedade que são os benzodiazepínicos que tem resultados mais rápidos que os anti depressivos. Exemplos de medicamentos com este último principiam ático está o Clonazepam, Lorazepan e a Alprazolam.

Como qualquer remédio, os anti ansiolíticos ou anti-depressivos tem seus efeitos colaterais. No caso dos benzodiapezinas os efeitos são: sonolência, tontura, mal estar estomacal, tremores, pesadelos, confusão e dores de cabeça. Por serem medicamentos fortes e que mexem não só com o corpo e a mente devem ser restritamente indicados por um médico.

O tipo de tratamento da ansiedade depende do nível de transtorno em que a pessoa se encontra e da preferência por determinado tipo de tratamento cabe ao paciente e ao médico analisar e escolher o tipo de tratamento.

Sintomas da Ansiedade – Veja quais são

ansiedade pode ser um transtorno mental quando atinge um nível excessivo de preocupação. Saiba a seguir quais são os sintomas da ansiedade e saiba se você sofre desse problema que afeta a vida de milhões de pessoas por todo o mundo.

ansiedade sintomas Ansiedade Sintomas

Muitas pessoas tem dificuldade para relaxar, não conseguem dormir direito, sentem que estão a ponto de explodir, cansam facilmente, não conseguem se concentrar, se irritam rapidamente, insônia, esquecimentos freqüentes e até tensão muscular e não sabem que todas essas coisas são sintomas da ansiedade, não aquela ansiedade natural que as pessoas sentem, mas uma ansiedade que traz inúmeros problemas de saúde.

Ansiedade também é conhecida como nervosismo, ânsia, e estes sinônimos são assim mais por causa dos sintomas da ansiedade. A ansiedade em sua forma original, digamos assim, deveria ser uma reação a momentos de perigo real ou imaginário e que é marcado por sensações corporais bem características como sensação de vazio no estômago, coração batendo mais rápido, medo, apeto no peito, entre outras características e sintomas. Mas, na sociedade atual, algumas pessoas se sentem na maior parte do tempo desta forma, o que pode trazer consequências desagradáveis.

Entre os sintomas da ansiedade estão: tensões, preocupações (muitas vezes exageradíssimas), medos exagerados, sensação de que algo ruim vai acontecer, medo extremo e exagerado, falta de controle de pensamentos, imagens ou atitudes, pavor extremo que pode resultar em pânico dependendo da intensidade; insônia, fadiga, confusão, tensão muscular e dores, dificuldade de relaxar, dificuldade de engolir, leve tontura ou vertigem, instabilidade e sensação de desmaio; vômitos e sensação de impotência.

Em alguns casos como o da ansiedade generalizada o diagnóstico pode ser confundido com pânico ou fobia social. Para um melhor diagnóstico da ansiedade é extremamente importante prestar atenção nos hábitos diários e buscar orientação médica.

A ansiedade dependendo da ansiedade pode ter consequências graves como doenças relacionadas e mais graves como transtorno de ansiedade, síndrome da ansiedade esquiva, transtorno do pânico, ataque de pânico, estresse, neurose e essas consequências vão depender da intensidade da ansiedade e do indivíduo. OU seja, não significa que a pessoa ansiosa possa ter alguns destes transtornos.

Ansiedade Como Combater

Hoje em dia é difícil dizer quem nunca passou por momentos de ansiedade. É bem comum em uma sociedade cada vez mais acelerada que as pessoas sejam cada vez mais estressadas como também mais ansiosas. Conheça o perfil das pessoas ansiosas e principais sintomas que a apontam como as pessoas estão cada vez mais ansiosas e as consequências disso.

combater ansiedade Como Combater a Ansiedade

A ansiedade está cada vez mais presente na rotina das pessoas, tornando o dia a dia cada vez mais estressante e muitas vezes por coisas que poderiam ser evitadas com algumas simples mudanças de comportamento.

Entre as causas da ansiedade estão uma série de fatores o que incluem as vivências interpessoais de cada um e problemas, principalmente na primeira infância; assim como causas biológicas como anormalidades químicas no cérebro e até distúrbios hormonais. Para a medicina chinesa, a ansiedade é um problema da energia do corpo, pois não existe um órgão que tenha alguma lesão que tenha causado a ansiedade e seus sintomas, mas o desequilíbrio do organismo existe. 

Algumas dicas para combater a ansiedade é começar a relaxar, tentar respirar fundo quando os problemas aparecerem e junto com os problemas a ansiedade de resolvê-los. A prática de esporte também pode ajudar bastante a controlar a ansiedade, uma simples caminhada pode ser uma ótima ferramenta para acabar com o estresse, porém o exagero nos exercícios a pratica de esportes compulsivamente pode aumentar a ansiedade em alguns casos.

Alguns alimentos devem ser evitados, como o café, energéticos, e outras bebidas com efeitos estimulantes, o cigarro também aumenta bastante a ansiedade, algumas pessoas pensam que quando estão fumando se livram da ansiedade, mas o efeito acaba sendo inverso, pois além da ansiedade externa da vida e dos problemas há também a ansiedade que a nicotina causa fazendo com que a pessoa queira fumar de novo de novo e de novo