Remédio para Ansiedade

Remédios para Tratamento de Ansiedade

A ansiedade tem várias definições podendo ter como sinônima não técnica aflição, angústia, perturbações do espírito causado pela incerteza, perturbações por motivos sem razão, entre outras denominações. A ansiedade faz a pessoa entrar em ação, mas em excesso e de forma exagerada. As causas são relacionadas às experiências de vida do indivíduo ou não te ruma causa específica. A sensação de ansiedade é bem desconfortável e para evitar esta sensação às pessoas acometidas pela ansiedade evitam até mesmo fazer alguma coisa o que pode levar muitos à depressão. Veja a seguir os melhores remédios para ansiedade.

remedios-para-ansiedade

A maioria dos transtornos de ansiedade pode ser feito o tratamento com remédios, porém antes de tomar qualquer calmante, tranquilizante ou antidepressivo é fundamental buscar uma orientação médica. Primeiramente deve partir da pessoa acometida pela ansiedade a procura por um tratamento que vai exigir muita paciência, pois os sintomas não somem de uma hora para outra. O tratamento consiste em medicamentos (que deve ser receitado após uma consulta com especialista, um psiquiatra), psicoterapia com psicólogos ou um psiquiatra; e também a combinação destes dois tratamentos, medicamentos e psicoterapia.

As pessoas sofrem de ansiedade muitas vezes por passarem por episódios traumáticos, que fazem com que sempre que elas se exponham a eventos de resultados incertos sintam uma súbita insegurança, o que gera ansiedade. O organismo sofre com isso através de palpitações, suor, aceleração da circulação.

Quanto aos medicamentos para ansiedade estes incluem aqueles que são indicados para alguns transtornos relacionados com a ansiedade que são: transtorno do pânico, fobia social, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) e Transtorno de ansiedade generalizada (TAG). Os medicamentos receitados para ansiedade são: antidepressivos, usados para tratar a depressão e que pode acometer a pessoa com ansiedade ou seus transtornos relacionados, exemplos de antidepressivos estão a Fluoxetina, a sertralina, paroxetina, cotalopram, entre outros medicamentos-princípios ativos. Também são usados os antidepressivos bupropina e a IRSN venlafaxina usada no Transtorno de ansiedade generalizada. Tem ainda os medicamentos anto-ansiedade receitados nos casos de ansiedade que são os benzodiazepínicos que tem resultados mais rápidos que os anti depressivos. Exemplos de medicamentos com este último principiam ático está o Clonazepam, Lorazepan e a Alprazolam.

Como qualquer remédio, os anti ansiolíticos ou anti-depressivos tem seus efeitos colaterais. No caso dos benzodiapezinas os efeitos são: sonolência, tontura, mal estar estomacal, tremores, pesadelos, confusão e dores de cabeça. Por serem medicamentos fortes e que mexem não só com o corpo e a mente devem ser restritamente indicados por um médico.

O tipo de tratamento da ansiedade depende do nível de transtorno em que a pessoa se encontra e da preferência por determinado tipo de tratamento cabe ao paciente e ao médico analisar e escolher o tipo de tratamento.

Leia Mais

Ansiedade Engorda?

Saiba se ansiedade engorda

A
ansiedade é um dos males do século me da vida moderna, por isso, muita gente tem sofrido deste mal que traz muitas consequências e sintomas. Entre os sintomas, algumas pessoas podem até mesmo engordar, devido à ansiedade a pessoa pode desenvolver manias como comer exageradamente e outras, mas isto não é uma regra. Confira a seguir se a ansiedade faz a pessoa engordar e confira algumas dicas de tratamento.

ansiedade-engorda

A ansiedade é caracterizada pela vaga apreensão, aflição e insegurança que é acompanhada de percepções físicas como palpitações, sudorese e outros sintomas como desconfortos abdominais. Ainda são sintomas da ansiedade sensações de medos exagerados, ou uma sensação de medo de um perigo iminente (e nem sempre real), Mas, a ansiedade pode ser em alguns momentos uma reação normal e extremamente útil em situações em que a ansiedade é uma consequência natural, como uma situação de perigo, ou uma situação que deixa a pessoa nervosa (como a véspera de uma prova, ou de um evento muito esperado, etc.).

Só que há a ansiedade normal e a ansiedade patológica, esta que traz consequências muitas vezes grave. Como medo exagerado sem uma causa aparente e sem o indivíduo saber o que o levou aquele estado. Outra consequência são os níveis de tensão desproporcional ou exagerado em relação à causa. Neste quadro, a ansiedade se caracteriza como crônica e pode levar este quadro por meses a anos e os pacientes com ansiedade crônica relatam não conseguir exercer nenhum controle.

Mas afinal, ansiedade engorda?

se a ansiedade engorda ou não é provável que ocasione um aumento de peso isto porque a ansiedade libera no organismo maiores quantidades dos hormônios adrenalina e cortisol que levam o aumento do acúmulo de gordura na barriga o que diminui a quantidade de volume dos músculos e faz com que o indivíduo pareça mais gordo e dando a sensação de um aumento de peso muito grande. Mas, o individuo pode ganhar peso porque a ansiedade faz com que haja um aumento do consumo de alimentos calóricos, ricos em açúcar e gordura. A pessoa ansiosa pode ter o apetite aumentado e ter um gosto por alimentos calóricos o que contribui para o aumento de peso. O individuo ansiosa devido o aumento de adrenalina e cortisona o cérebro aumenta seu apetite e faz com que tenha gosto por alimentos calóricos que vão lhe dar uma sensação temporária de prazer. Mas, este aumento de peso pode ser prejudicial por diversos motivos como depressão, que a pessoa pode sentir devido à mudança corporal. Por isso, se sente alguns dos sintomas descritos, procure orientação médica.

Leia Mais

Ansiedade Generalizada

Sintomas da Ansiedade Generalizada – Tratamento

O transtorno de ansiedade generalizada é causado pela ansiedade excessiva, para diagnosticar a ansiedade generalizada é necessário que outros transtornos de ansiedade sejam descartados, como o pânico e fobia social, e deve durar mais que seis meses.

ansiedade-generalizada-sintomas-tratamento

Ter dificuldade para relaxar e sentir que está a ponto de estourar, cansaço rápido, difícil concentração, esquecimentos, muita irritabilidade, insônia e tensão muscular são alguns dos sintomas da ansiedade generalizada.

Entre outros
sintomas que podem acometer a pessoa com ansiedade generalizada são: dificuldade para relaxar, sensação de que está a ponto de estourar ou estar no limite; cansar-se com facilidade; irritabilidade, tensão muscular; dificuldade de adormecer, outras perturbações de sono como dificuldade em conciliar ou manter o sono, sono insatisfatório ou inquieto; medos de eventos desastrosos, medo excessivo com possíveis problemas de saúde. Há ainda a possibilidade de acontecer simultaneamente uma depressão maior e também podem ocorrer transtornos ocasionados a eventos sociais como as fobias sociais.

Entre as causas da ansiedade generalizada podem estar relacionados no caso de irmãos gêmeos idênticos que é comum em50% dos casos; e entre 15% entre gêmeos não idênticos e significativos entre filhos de pais ansiosos assim como fatores sociais e psicossociais. Estudos ainda apontam que uma causa para a ansiedade generalizada pode ser o alcoolismo e a solução é a abstinência por um longo período. Mas, quem já teve diagnóstico confirmado de ansiedade generalizada mesmo com tratamento controlado pode ter surtos em alguns tipos de situação como casamentos, divórcios, promoção, demissão, hospitalização de entes queridos e até situações de muita felicidade como nascimento de um filho, etc.

A ansiedade generalizada afeta muito mais mulheres do que homens, o tratamento da ansiedade generalizada tanto para homens como para mulheres é basicamente o mesmo, tranquilizantes benzodiazepínios e buspirona que não devem ser usados sem orientação médica.

Leia Mais